quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Resenha publicada no blog Era uma vez o livro


Resenha publicada no blog Era uma vez o livro

O livro conta a história de Lizzy e Justin, ela começa com eles já velhos, quase no final de suas vidas. Quem narra a história e Lizzy, ela começa a  relembrar as histórias do passado dela e do Justin.

A história é uma mistura de presente e passado, uma hora ela conta do seu passado e outra fala do presente. Tudo começa com eles pequenos, conta como se conheceram e como tudo se desenrolou pra que se tivesse o presente.
A história não tem uma cronologia certa, uma hora ela narra os acontecimentos na ordem outra lembra de coisa que aconteceram depois. Mas isso não deixa o livro embaralhado, podemos entender tudo com muita facilidade.

É um romance clichê com uma final óbvio, mas que mexe muito com a gente, possa falar isso por mim, chorei as panas  com o livro, me emocionei muito mesmo.

O livro tem um personagem que se destaca além do casal. É o irmão mais novo de Justin o Jony, uma menino prodígio, que aos oito anos passa muitas lições de vida. É muito inteligente, maduro e nos faz rir com suas besteiras. Fiquem encantada com ele.

Além de Jony, temos a Sra. Stone, uma mulher elegante, simpática e muito prestativa, que praticamente criou a Lizzy até os 14 anos, ela é a mãe do Justin, temos também Sr Jhonatan Stone pai de Justin, mas um homem muito conservador, sério, mas com bom coração. Na parte de Lizzy temos a sua LIzzy por todo o seu sofrimento e não muito participativo na história temos o pai de Lizzy Sr. Marbrook, um homem bêbado, conhecido como o faz tudo da cidade, mas com sua fama da beberrão não consegue muitos empregos, além disso adora bater na mulher.

Eles tem uma vida um pouco sofrida, principalmente a Lizzy, mas conforme a história vai se desenrolando eles vão conseguindo alcançar o seu espaço.

O que mais me chamou a atenção foi o amor que o casal tem um pelo outro, mesmo as adversidades não são páreo para afastar o casal, nem a perda de um filho, nem um filho bastardo, nem uma carreira frustrada, ou uma ex namorada doida  pode separar esse casal. E Lizzy parece ser a estrutura da casa, sem ela Justin jamais chegaria a onde chegou.

Gente vou parar por aqui por que se não vou contar a história inteira. O que eu quero que vocês entendam é que a história é perfeita, apesar dos erros de ortografia que foram muitos, não tive como não reparar, mas a vale muito a pena ler. Essa história faz nos refletir sobre o casamento, a família e a nossa vida em si. Tirei muitas lições dele e vou levar por resto da minha vida. E o que mais espero é viver um "Para Sempre" como no da história.

Quote do livro:

Aquele foi o nosso primeiro e glorioso beijo. Sentia meu corpo leve, flutuando em estado completamente encantado com o toque, o gosto do sorvete, o prazer dos movimentos, o alvoroço das minhas borboletas... Estava completamente fora de mim. Só existia Justin e o seu maravilhoso beijo. Nunca me esqueceria daquele momento. Ainda posso sentir essa sensação de êxtase me invadir agora.
                                                            Pág. 64

Trilha sonora do livro:

Unidos Para Sempre

Te conheci menina, ingênua e carinhosa
Beleza que fascina, muito maravilhosa
E eu jurei te ter, não abro mão mais de você,
O nosso lance é lindo
É tudo tão perfeito reconhecemos todos,
Todos os nossos defeitos, não quero te perder
Cada dia amo mais você

O nosso amor é tão ligado feito abelha e mel,
Como chama e fogo,estrelas e o céu,areia e o deserto,
Peixe e o mar o nosso amor é lindo sempre vai durar,
O nosso amor não tem vergonha de assumir o outro
É tudo transparente brilha como um tesouro,
Como o sangue e a veia,
A lava e o vulcão nós somos simplesmente, o amor e a paixão

O nosso lance é lindo é tudo tão perfeito
Reconhecemos todos, todos os nossos defeitos não quero te perder
E cada dia amo mais você
O nosso amor é tão ligado feito abelha e mel, como chama e fogo, estrelas e o céu, areia e O deserto, peixe e o mar o nosso amor é lindo sempre vai durar,
O nosso amor não tem vergonha de assumir
O outro é tudo transparente brilha como um tesouro,
Como o sangue e a veia, a lava e o vulcão
Nós somos simplesmente o amor e a paixão
 
Espero que tenham gostado da resenha.

Beijinhos

Publicada em: http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/2013/02/resenha-para-sempre-de-glaucia-santos.html

0 comentários:

Postar um comentário